love

love

“Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo? ” Fernando Pessoa

“ (…) Até ao fim do mundo, até ao fim do mundo, até ao fim do mundo, certo da certeza de que nada nos podia separar, como uma onda para a praia na tua direcção vai o meu corpo, exclamou Neruda e era assim connosco, e é assim comigo só que não sou capaz de to dizer ou digo-te se não estás, digo-te sozinho tonto de amor que te tenho, (…)”  António Lobo Antunes, in Memória de Elefante

Por el amor de Amar

O mundo destes silêncios

É cheio de encantos meus

Sonhos Luz e Fantasias

Para viver mundos, teus

nos Lenços dos Namorados

 

About perspectives

uma entre mais de sete biliões de criaturas humanas do planeta Terra...
This entry was posted in perspectives and tagged . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s